Saturday, February 22, 2020

A ação de minha carteira que mais se valorizou e a que menos se valorizou. Breves lições sobre investimentos de longo prazo


Boa noite, superavitários colegas. Para a compra de ações utilizo a estratégia de me tornar sócio das empresas para o longo prazo. Então, se uma ação sobe muito ou cai  muito eu continuo sócio, desde que as qualidades que me fizeram comprar continuem. Comecei a constituir minha carteira de ações no ano de 2017, de 2013 a 2016 só comprei FIIs e RF. Porém, antes disto já estava no mercado de ações, na verdade desde 2007, mas ainda não tinha determinado o meu perfil como investidor.

De forma resumida, ao escolher as empresas que quero ser sócio, analiso o historico de receita, lucros, dívida, margens e outros números das empresas. Além disso, procuro acompanhar a qualidade da gestão e tentar pensar no potencial de crescimento ou manutenção do negócio no futuro.

Mesmo passando por análise completa, as empresas passam por momentos de altas e baixas. Em determinado momento o cenário favorece uma e desfavorece outra. Então uma tende a apresentar resultados positivos e outra não. O mercado tende a corrigir para baixo o preço da ação de uma empresa que está apresentando resultados fracos e para cima a que está apresentando resultados bons.

Por isso é muito importante a diversificação, você acaba ganhando em qualquer cenário. Veja os dois casos extremos da minha carteira:

A ação que estou com maior valorização é a WEGE3, com fantásticos 180%.
          A ação que estou com menor valorização é a MDIA3, com míseros 3%.

Ambas as ações entraram na carteira em 2017 e os resultados acima não consideram dividendos. Isto tem relação com o momento em que ambas as empresas estão passando. No caso da WEGE3, sua exposição ao mercado externo e portanto receita e lucros dolarizados tem favorecido a empresa. Já a MDIA3 tem sofrido com a elevação do dólar, sua principal matéria-prima, o trigo, é importada e também teve elevação dos preços. A cotação das duas empresas tem refletivo os seus resultados:

Veja a Receita Líquida e Lucro Líquido da WEGE3:




Veja a Receita Líquida e Lucro Líquido da MDIA3:




Como acredito que a MDIA3 continua sendo uma empresa excelente, a redução do preço de suas ações em relação a de outras empresas, como a WEGE3, me obriga a comprar mais MDIA3. Então, no investimento de longo prazo acabo ganhando na valorização da WEGE3 e na compra da MDIA3. Logo o jogo poderá se inverter por algum motivo, a MDIA3 passar a se valorizar bastante e a WEGE3 ficar de lado ou até cair. É só seguir acompanhando, rebalanceando a carteira e sendo feliz.

Espero um dia postar aqui que estou com 500% ou até 1.000% de valorização em alguma empresa. É isso aí pessoal, quis escrever este exemplo da minha carteira para destacar:

1)     A importância do foco no Longo Prazo;
2)     A necessidade de diversificação de setores na carteira; e
3)     A importância da estratégia de rebalanceamento.

Se quiser saber mais sobre estas e outras empresas da minha carteira clique na aba Ações no menu do blog.

Sigamos no jogo.

Grande abraço.

5 comments:

  1. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  2. Weg etá me dando uma ótima valorização...já comprei Weg a 14 reais. empresa top.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Beto, realmente. Tem gente que fica preocupado com o valuation dela. Está cara desde os 14.

      Abraço

      Delete
  3. Estamos no mesmo barco, Sequoia. Parabéns pelo post e pelas ideias. Abraço!

    ReplyDelete